quarta-feira, 31 de março de 2010

quarta-feira, 17 de março de 2010

Já nasceram os 1ºs da temporada!

Entre o dia de domingo e hoje (quarta-feira) nasceram aqui no canaril os primeiros canaritos da época.
Até ás 19.15h de hoje(hora que se apagam as lâmpadas florescentes) tinha em diversos ninhos um total de 8 canarios.
Nesta altura uma pessoa(eu) não pensa em quase mais nada em não ser nas suas criações,não pode falhar nada, tem que correr tudo como todos deseja-mos, é emocionante a altura da criação pelo menos para mim que tanto adoro as minhas aves.

Deixemo-nos de lamechices, esta semana que corre e para próxima está previsto mais nascimentos de praticamente todos os casais, exepto um casal de castanho pastel que está mais atrasado.
Tenho tido alguns problemas de inicio de criação tais como 2 ou 3 ovos com os embriões mortos, abandono de uma fêmea a faltar poucos dias para o nascimento, este último sei a que se deve, esta fêmea estava a criar sozinha, mal ouvia um macho a cantar sai-a logo do ninho, mas várias vezes isso acontecia, eu já calculava o desfecho e não falhei nada, ela estava cheia de cio, além ser uma canaria nova.
Hoje como todos os dias liguei o computador e vou ao programa de gestão de criação ver se tenho algo para fazer, e mandou-me verificar os ovos de um casal de castanhos vermelhos mosaicos(macho do ano passado),não é que estavam todos gouros,fiquei pior que estragado,tirei-lhes logo o ninho a partir de amanha vou dar-lhes vitamina E.


A alimentação que estou a dar aos casais já com filhos e aos que estão para nascer em breve, está mais variada,é normal tem ou irão ter filhotes para alimentar.
Será então a mistura de sementes que é composta por 2 kilos de alpista limpa mais 1 kilo de mistura light á qual misturo nutribird, aveia descascada, perilha e semente de Chia.
Em comedouros á parte tenho a semola de trigo o grit e as papas.A papa húmida está sempre à disposição,e a seca à qual misturo o germinado,couscous e um pouco de grit, dando duas vezes por dia, logo de manhã bem cedo e por volta das 18 horas.

Penso que está na altura certa de quem ainda não juntou os casais de o fazerem, os dias estão muito bons, pelo menos por aqui.
No meu canaril as temperaturas rondam os 19º e a humidade está entre os 60º-70º com desumidificador.

Esta criação até à data não tenho falhado em nada, faço para isso, mas não sei o que me deu este ano que me descuidei com o numero de horas de luz que dou aos canarios.
Nesta altura do campeonato em que já tenho aves nascidas estou infelizmente a dar só 12h15m de luz diárias ás minhas aves o que é pouco, o ideal seria 14h ou 15h.
O ano passado neste aspecto correu tudo bem, lembro-me que quando nasceu a primeira cria tinha cerca de 15 horas por dia, começei tarde a dar luz extra, enfim..
Vou continuando a aumentar progressivamente(15minutos por semana) como tenho feito até agora a ver se chego ao numero pretendido,sei que não posso aumentar bruscamente,correria o risco de as aves fazerem a muda antecipada e era pior a emenda que o soneto como se costuma dizer.

Tenho tido bastante trabalho e ainda nem tenho metade dos casais com filhos, quando isso acontecer irá aumentar ainda mais com certeza, mas sem trabalho nada se consegue, portanto..
Amanha meto fotos das primeiras crias.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Primeiros nascimentos no fim-de -semana .

Está previsto romperem a casca os primeiros canarios da época amanha ou Domingo,serão dois casais lipocromo vermelho mosaico.
Precisamente estas duas fêmeas arrancam ao mesmo tempo, puseram ambas cinco ovos e cada uma tem quatro ovos galados, coincidência.
Para as próximas duas semanas irão nascer mais canarios, das minhas 16 fêmeas só duas é que ainda não fizeram ninho, estão mais atrasadas,são ambas castanho pastel vermelho mosaico, o resto tem ovos a serem chocados e outras a terminarem a postura.

Amanhã vou começar a dar papa seca, germinado e couscous tudo misturado, aos casais que tem filhos prestes a nascer e também papa húmida sempre à disposição.
A alimentação destes casais durante a postura e choco foi somente a mistura, sémola e grit, nada de papas.Tenho me dado bem com este método, dando só as papas um ou dois dias dos filhos nascerem, pegam-lhe com mais afinco, dando-lhes melhor.

O estado do tempo pregou-me uma partida, mas também foi descuido meu, ontem é que comecei a pôr as sementes a germinar, resumindo, não vou ter no ponto de germinação que gosto a tempo de dar aos primeiros canarios que estão para nascer.
Lembrei-me que tinha a gaiola hospital e das dicas que o Sr que me a vendeu me deu.
Coloquei então o germinador dentro na gaiola a uma temperatura de 22º,o processo de germinação vai aumentar com certeza, amanhã de manha espero ter algum germinado pronto para poder dar bem cedo aos canarios.
A partir de agora começou o ciclo dos germinadores,tenho três mas em principio só irei utilizar dois, vamos ver se vai chegar, pois quero dar de manha e duas ou três horas antes de a luz se apagar(o ano passado só dava uma vez, de manhã).
De três em três germinações desinfecto os pratos com lixívia, ás vezes também com vinagre, que é um bom desinfectante.

Sexta feira é o dia de limpeza no canaril, hoje não foi excepção, puxei os rolos, limpei as grelhas e desinfectei o chão com desinfectante e um pouco de lixívia.
Só hoje é que coloquei os bebedouros automáticos nas ranhuras das gaiolas, não é que eu não me lembrei de lavar as mangueiras por dentro antes de fazer a instalação.
Deu-me muito trabalho tirar o sabor da borracha da água, uma coisa que se fazia tão bem quando tinha o rolo completo,enfim..

O tempo nestes últimos dias tem estado a melhorar, dias com bastante sol, já cheira a Primavera.Para bem das criações era bom que se mantivesse assim, embora que um pouco frio ainda.
Há criadores que já tem aves anilhadas outros já mesmo independentes, mas ouço bastantes a dizerem que as coisas este ano não começaram muito bem, ovos goros, fêmeas que deixam a postura, morte dos filhotes..
Espero que tudo corra bem com a minha criação.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Lâmpadas "Arcadia" (especiais para aves).


 http://homepage.oninet.pt/963mqq/artigos/luz/lamp1.gif

Porque é que se precisa de uma lâmpada própria para aves?

Ao contrário dos seres humanos, as aves vêem os raios UV que fazem parte da luz natural do sol.
As aves utilizam os raios UV para a alimentação e para a reprodução. A vida sem os UV seria como se os seres humanos vissem tudo a preto e branco, ou ainda pior.
Mesmo assim os seres humanos seriam capazes de diferenciar os sexos.
Algumas raças de aves precisam dos UV para os diferenciar.
Quando a ave não vive ao ar livre deve receber raios UV. As lâmpadas de iluminação doméstica não os produzem. E, a maior parte das lâmpadas domésticas deturpam a cor natural da visão da ave.
A lâmpada Arcadia para aves foi concebida para oferecer todos os raios UV que as aves precisam, e para realçar as cores naturais.


A importância da luz de espectro total ? 
Sem uma fonte equilibrada de luz, o ciclo oculo-endócrino (luz para a glândula pineal e para a glândula pituitária) é afectado. Isto afecta todos os aspectos da vida da ave. Uma iluminação inadequada pode provocar agitação, picagem, enfraquecimento, problemas respiratórios e metabólicos.


Síntese da vitamina D3
 
As aves necessitam da vitamina D3 para um desenvolvimento saudável do esqueleto.
Muitas espécies podem sintetizar a vitamina D3 da luz solar através da pele. Especificamente, é a presença dos raios UVB que o permite.
Como a pele das aves está coberta com penas, elas não podem utilizar a própria pele para o fazer. Na maioria das aves, a glândula uropigeal recolhe a pré-D3 do sangue, e acumulando-a nos óleos glandular. Estes são depois expostos á radiação UVB quando a ave limpa e cuida da plumagem. Mais tarde a ave ingere materiais expostos aos UV quando volta a limpar e a cuidar da sua plumagem, e o óleo entra no organismo como pré-vitamina D. O fígado e os rins transformam esta em vitamina D3.

Qual é a diferença entre o sistema de visão humano e o das aves?

A retina do olho contém cones que, quando estimulados por diferentes comprimentos de ondas de luz, transmitem a informação de cor ao cérebro. Num ser humano, há três tipos de cones, que lhe permitem a percepção de três cores primárias, sendo elas o vermelho, o verde e o azul. A isto chama-se visão tricromática. A combinação destas cores permitenos a visualização de milhares de cores diferentes. As aves têm um quarto cone, sensível á radiação UV, podendo desta forma identificar quatro cores primárias, e a cor adicional é a dos UV. Isto chama-se visão tetracromática.
Nos seres humanos, os raios UV não passam através da lente do olho, mas nas aves isso não acontece.
Pesquisas recentes detectaram que algumas aves podem ver até cinco cores primárias (isto é: têm visão pentacromática), sendo capazes de diferenciar dois tipos de comprimento de ondas UV.

A importância dos UV para uma ave

Uma ave em cativeiro pode ficar privada da radiação UV. Os raios UV da luz do sol que entra pela janela são eliminados (vidros e cortinas). Além disso, as fontes normais de iluminação doméstica não emitem UV. Assim existe de facto a necessidade de adicionar radiação UV, o que se consegue com a Arcadia - lâmpada para aves.
As penas das aves reflectem os raios UV. Esta reflexão da plumagem desempenha um papel na selecção sexual das aves. A criação tem mais êxito quando os UV estão presentes.
As aves, como as mynah, que para os olhos humanos são negras, aparecerem aos olhos das aves com várias cores. Acontece o mesmo com as aves brancas.
A percepção UV desempenha um papel significativo na selecção da comida. Os frutos maduros e as bagas parecerão de cores diferentes às aves. As flores em polinização reflectem os UV de uma forma que permite a sua localização pelas aves. Uma ave come aquilo que vê. Com os UV os vermelhos são mais vermelhos e os verdes são mais verdes. Uma ave relutante a comer precisa dos raios UVA para estimular o seu apetite.


Artigo publicado na revista Zoocultura (Janeiro\Agosto2000)










quinta-feira, 4 de março de 2010

segunda-feira, 1 de março de 2010

Primeiros ovos do ano.

Coloquei os ninhos ás fêmeas à cerca de duas semanas, neste momento quase todas tem o ninho feito, só faltam mesmo as castanhas pasteis que estão mais atrasadas, embora cheias, não mostram muita vontade em criarem para já.
Hoje reparei que tinha um macho pastel um pouco gordo, foi o que veio do mundial, descuidei-me na quantidade da papa para o fortalecer, já o coloquei numa voadeira para se exercitar, a sua alimentação durante uma semana será alpista pura e vinagre de cidra na água(dia-sim, dia-não).
As fêmeas lipocromo vermelho mosaico foram as que arrancaram primeiro,sendo os primeiros ovos das mesmas.
Tenho um macho desta raça que é mau como as cobras, nunca vi um pássaro tão mau, a fêmea está sempre a levar porrada, que por sinal está ferida, por cima do bico.Mesmo separados por grade querem brigar,mas o mais estranho é que já o vi galar e ela estava muito receptiva, o mais certo é quando a fêmea colocar os ovos irei retirar o macho,criando ela os filhos.

Neste momento estou a dar papa seca, mais germinado e couscous aos casais que ainda não iniciarem a postura.Aos que já tem ovos, estão somente com mistura, semola de trigo e grit.Estão com esta alimentação por uma razão muito simples, pois quando nascerem as crias irão comer muito melhor as papas(germinado) que se tivessem sempre à disposição durante o choco, desta forma irão alimentar melhor as crias.

Hoje ia para colocar os primeiros dados no programa de gestão da  criação e não é que me dava erro ao introduzir as datas, vim a descobrir que o programa estava por defeito no ano de criação 2006,tinha que mudar quando introduzi os dados dos passaros e os casais para 2010, resumindo tive que apagar todos os dados e coloca-los novamente, primeiro que eu descobrisse o porque do erro, minha nossa!
O ano passado correu tudo bem com o programa como tal mantive-o, mas agora pregou-.me um partida daquelas..

Este ano se correr tudo bem, espero bem que sim, irei participar em principio em três exposições.
Gostava imenso de participar na exposição de Almada(Trafaria) como tal irei esta 6ª feira, ao clube para fazer a minha proposta para novo sócio, nesta exposição só podem participar sócios.

Neste momento não posso pensar em mais nada, tenho que ter a cabeça somente nas criações, mais tarde a muda  e só depois vêem as exposições.